segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Artesã Maísa visita atrativos do Grupo Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata e a Estância Mimosa Ecoturismo receberam neste fim de semana a visita de Maísa, artesã responsável por diversas obras que são comercializadas nas lojas de souvenirs dos passeios.

Maísa estava acompanhada por João Vitor e pelos jovens José Guilherme e Vinícius.

No Recanto Ecológio Rio da Prata realizaram o passeio de flutuação no qual disseram ter se encantado com a beleza do local e atendimento.


Já na Estância Mimosa, realizaram o passeio a cavalo na parte da manhã e aproveitaram o período da tarde para conhecer as trilhas e as cachoeiras do atrativo.

Em conversa com os colaboradores, Maísa revelou que adorou o passeio e que pretende retornar em outras oportunidades.


Associados da Atratur realizam confraternização na Estância Mimosa

A Associação dos Atrativos Turísticos de Bonito e Região (Atratur) realizou no último sábado (9) sua festa de confraternização. O local escolhido para celebrar o ano foi a Estância Mimosa Ecoturismo.

Além dos associados, o evento contou com a participação da vereadora Luiza e do Secretário de Turismo de Bonito, Augusto Mariano.

Segundo Luis Thiago, colaborador do Grupo Rio da Prata, os participantes gostaram muito do evento realizado na Estância Mimosa. "Todos aproveitaram o almoço e se deliciaram com as sobremesas. Foi uma ótima oportunidade para se confraternizarem".

Além de Luis Thiago, participaram do evento: Vanessa (Sebrae), Marcos e Almira (Abismo Anhumas), Henrique Naufal (Projeto Jibóia); Carlos (Nascente Azul); Bruno (Parque Ecológico); Rubens (Grupo Praia Parque); Kátia (Piramiúna); Cristiano e Renato (Boca da Onça); Andréa (Taboa); Juca (Ygarapé); Adriano (Córrego Azul); Janaína (BCVB) E Glauber e Carlos Arakaki (Gruta de São Miguel).



sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Pesquisadores visitam o Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu no dia 7 de dezembro a visita de Luiz Otávio Campos da Silva, pesquisador Doutor da Embrapa Gado de Corte e do pesquisador Shogo Tsuruta (The University of Georgia).

Acompanhados pelo guia de turismo Marco Aurélio, realizaram o passeio de trilha e flutuação. Sobre a experiência, disseram que gostaram bastante.

Os pesquisadores aproveitaram a visita para realizar o plantio de mudas no Bosque da Esperança. Luiz Otávio escolheu uma muda de Nêspera Silvestre e como depoimento disse: "Homenagem aos produtores de alimentos". Já Shogo plantou uma muda de Paratudo e dedicou a ação ao Brasil: "I dedicate this tree to Brazil".

Veja as fotos:



quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Diretora do Green Planet Ventures visita o Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu nesta quarta-feira (6) a visita de Loraiza Davies, Diretora da Green Planet Ventures.

A visita tem como objetivo ver a possibilidade de incluir o destino de ecoturismo nos roteiros de sua empresa.

Acompanhada pelo guia de turismo Brasa, realizou o passeio de trilha e flutuação. Sobre a experiência, disse:

"Um passeio muito bonito. O guia Brasa passou excelente informações sobre os valores naturais da área e sobre as árvores. O passeio é muito estruturado e coordenado".



segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Comitiva de Chefs visita a Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu no domingo (03) a comitiva de Chefs de várias partes do Brasil para conhecer os atrativos do local como as cachoeiras, a horta orgânica, além de degustar do almoço de fazenda produzido diariamente em fogão a lenha.

A visita ao destino de ecoturismo brasileiro deve-se à participação dos Chefs para mais uma edição do evento CATA Guavira 2017, que este ano teve a renda revertida para a Associação Pestalozzi. O evento acontece anualmente para celebrar o fruto símbolo de Mato Grosso do Sul, a guavira (Campomanesia pubescens), e sua especiaria.

Estiveram na visita os Chefs: Neka Mena Barreto (uma das banqueteiras mais importantes do país e apresentadora do programa do GNT “Fome de Que?”), João Barreto (prêmio Dólmã 2016 de melhor chef da Paraíba), Moacir Sobral e Marcela Sulis (ambos Mestres da gastronomia da UFRJ), Renato Valadares (consultor de Pernambuco), André Barros (consultor de Goiás) e de Mato Grosso do Sul, os Chefs: Marcílio Galeano, Daniel Barbosa, Fernanda Marques e Bernardo Fernandes.

O Chef Paulo Machado, padrinho do CATA Guavira, recebeu todos os cozinheiros com grande entusiasmo e feliz por mostrar a composição de sabores da gastronomia pantaneira.

No menu: leitão assado, mandioca cozida, arroz com abacaxi, purê de cabotiã, caribéu e farofa de cidreira são alguns dos destaque. De sobremesa os chefs degustaram o pudim de doce de leite, produzido 100% no local.

Os Chefs se deliciaram com os pratos e levaram o doce de leite preparado artesanalmente na fazenda.







Colaboradora da agência Bonito Brasil visita o Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu no dia 3 de dezembro a visita de Katiuscia, colaboradora da agência de turismo Bonito Brasil.

Acompanhada pelo guia de turismo André, realizou o passeio de flutuação e compartilhou um depoimento sobre a experiência:

"Passeio maravilhoso, fazenda linda e atendimento de qualidade. Guia atencioso, super recomendo".


Carlão, proprietário da Publique, visita Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu na última semana a visita de Carlos Alberto da Silva, proprietário do Grupo Publique, empresa de comunicação localizada em São Paulo.

Carlão realizou o passeio de flutuação e sobre a experiência, disse: "O passeio de flutuação no rio Olho D'Água e depois pelo Rio da Prata é simplesmente inesquecível. Você se sente realmente um peixinho num aquário gigante. E para finalizar ou começar um almoço maravilhoso, com leite gir na sobremesa: doce de leite e queijo fresco. Ambos deliciosos! Abraços".



segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Recanto Ecológico Rio da Prata recebe a visita de Padre William de Jardim

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu na última sexta-feira (24) a visita do Padre William Escobar também de Jardim, que realizou o passeio de trilha e flutuação.


Em depoimento, compartilhou sua experiência:

"A beleza da Criação revela o amor de Deus por suas criaturas. Este lugar é um pedaço do paraíso. Aqui tem pessoas que lhe atendem com o sorriso. A natureza fala por si. A diversidade da fauna e flora e o rio preservado faz que seus visitantes esqueçam do mundo lá fora. Parabéns a todos. Tudo perfeito. Quero  voltar e trazer aqueles que amo".

Padre William realizou também um plantio de uma muda de Cedro no Bosque da Esperança, homenageando sua mãe. Na frase disse: "Em homenagem a minha mãe Estanislada que plantou a fé em meu coração".



Consultora de Comunicação visita o Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu no dia 24 de novembro a visita de Bárbara Ataíde, colaboradora da Seppia, empresa que realiza a consultoria em comunicação do Abismo Anhumas e geração de conteúdo das mídias sociais da ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura e Ecoturismo) da qual o Grupo Rio da Prata faz parte.

Ela realizou o passeio de trilha e flutuação, conheceu os projetos ambientais, Bosque da Esperança e recebeu informações sobre a parceria do atrativo com o Projeto Arara Azul, IASB e CRAS, além dos outros atrativos do Grupo, Estância Mimosa e Lagoa Misteriosa.

Segundo os colaboradores do passeio, Bárbara ficou muito satisfeita com a visita, realizando anotações e registros.


sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Aniversário na Estância Mimosa

A Estância Mimosa Ecoturismo (Bonito-MS) recebeu no dia 16 de novembro a visita de um grupo da Ambiental. Cerca de 36 pessoas realizaram o passeio de trilhas e cachoeiras na companhia dos guias de turismo Martins, Rauthemar e Antoniel.


O cenário e as belezas naturais do atrativo encantaram a todos. Para encerrar o dia, a equipe da Mimosa preparou um bolo para celebrar o aniversário de Gislaine, uma das integrantes do grupo!



Desejamos muitas alegrias e realizações!

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Artigo sobre estudo realizado na Estância Mimosa é divulgado em revista internacional

A EMU- Austral Ornithology, revista científica e uma das mais antigas publicações ornitológicas publicada na Austrália, traz em sua páginas o artigo "Bird species richness, composition and abundance in pastures are affected by vegetation structure and distance from natural habitats: a single tree in pastures matters", de autoria do Ecólogo Maurício Neves Godoi.

Confira: http://www.tandfonline.com/action/showAxaArticles?journalCode=temu20

O estudo de Maurício, resultado da tese de Doutorado Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), teve como cenário a Estância Mimosa Ecoturismo, em Bonito (MS).

Seu objetivo foi caracterizar a comunidade local de aves, determinando a influência dos diferentes tipos de vegetação e da disponibilidade de recursos alimentares (artrópodes e frutos zoocóricos) sobre a organização desta comunidade.

Clique aqui e veja o artigo na íntegra!


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Programa Tô de Férias visita atrativos do Grupo Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) e a Estância Mimosa (Bonito-MS) receberam nos dias 14 e 16 de novembro a visita da equipe do Programa Tô de Férias, exibido no SBT.

O programa vai ao ar todo domingo, das 8h15 às 9h, apresentando diferentes destinos do Brasil e do mundo, mostrando as principais curiosidades e atrações turísticas, com uma linguagem divertida, muita informação e entretenimento.

Participaram da visita: Juliana Frias, Cleber Zerbielli, Bruno de Araujo Phillipi, Jefferson Fabiano Lemos Barbosa, Otavio Lemes Neto, Ricardo Fabiano do Nascimento, Elaine Cristina Lopes, Emerson Luciano Jussiani.

O ator e apresentador Mário Frias participou somente na visita na Estância Mimosa, onde realizaram o passeio a cavalo na companhia do monitor Carlos Chaves.

Segundo Thyago Sabino, gerente do atrativo, o grupo achou o local muito bonito e charmoso, elogiando toda a estrutura do receptivo.


Já no Recanto Ecológico Rio da Prata parte da equipe realizou o passeio de flutuação, descendo da nascente até o vulcão enquanto a outra equipe filmou na nascente seguindo depois para o deck de pedras.


A data de exibição do programa ainda não foi definida.

Militares mergulhadores da 4ª Companhia de Engenharia e Combate Mecanizada realizam treinamento na Lagoa Misteriosa

A Lagoa Misteriosa (Jardim-MS) recebeu no dia 13 de novembro, a visita de integrantes da 4ª Companhia de Engenharia e Combate Mecanizada, localizada no também município, composta por 9 mergulhadores.

A visita teve como intuito a prática de treinamento de mergulho no atrativo, ministrada pelo instrutor João Gomes. A capacitação acontece a cada 4 meses e tem como objetivo manter o adestramento dos militares especializados na área.

Para o último exercício do ano foi planejado um mergulho com maior profundidade, reabilitando os mergulhadores a um ambiente de alta pressão, possibilitando a simulação das paradas descompressivas. Ainda foi possível relembrar os procedimentos e executar a subida de emergência.

O sucesso da atividade foi um reflexo da excelente parceria entre a Companhia e a Lagoa Misteriosa, revelaram os militares.

As condições locais permitiram que todos os militares envolvidos se habilitassem da melhor maneira, contando com o ambiente ideal para a atividade que foi planejada, além da receptividade e profissionalismo da equipe de apoio.



segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Bem Te Vi Aqui


Olá! Neste fim de semana o Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu a visita do colaborador da Estância Mimosa, Cassiano! Acompanhado por Laura, ambos realizaram o passeio de flutuação no atrativo e aproveitaram para registrar a visita na placa oficial do passeio! 



Plano de Manejo da RPPN Estância Mimosa é finalizado e protocolado no IMASUL/MS

A Estância Mimosa Ecoturismo, em Bonito (MS), protocolou no dia 24 de Outubro de 2017, o Plano de Manejo da RPPN Estância Mimosa para análise e aprovação na Gerência de Unidades de Conservação do IMASUL/ MS.

Faça aqui o download do Plano de Manejo RPPN Estância Mimosa!

A RPPN Estância Mimosa possui 271,76 hectares e protege uma área de mata ciliar e relevo acidentado as margens do Rio Mimoso. A criação da RPPN foi oficializada pela Resolução SEMAC/IMASUL/MS Num. 03 de 14/02/2013.

O Plano de Manejo foi elaborado pela empresa eeCoo Sustentabilidade, na qual fazem parte Mauricio Neves Godoi, Cintia Neves Godoi e Guilherme Neves Louzada. O ecólogo Mauricio Godoi, responsável pela execução dos estudos ambientais e sociais, já tinha pleno conhecimento da área tendo em vista que o local foi base para seus estudos de doutorado o que contribuiu para que o documento fosse elaborado com bastante cuidado para refletir muito bem as características e estabelecer normas de proteção para este local tão especial.

Para ajudar na conservação e gestão da RRPN Estância Mimosa, neste ano de 2017 foi elaborado seu Plano de Manejo, um conjunto de estudos técnicos que apresentam todos os aspectos ambientais e socioeconômicos da RPPN e que tem por objetivo embasar a tomada de decisões relativas ao seu manejo, gestão e conservação, incluindo seu zoneamento ambiental e as normas para o uso e manejo de seus recursos naturais”, acrescenta Maurício.

Luiza Coelho, diretora de sustentabilidade do Grupo Rio da Prata, coordenou a execução dos trabalhos do Plano de Manejo e relata que “Tentamos produzir um Plano que realmente seja útil, compilando todos os estudos já realizados anteriormente na Mimosa e os procedimentos e rotinas atuais. Nosso objetivo é que seja uma ferramenta muito eficaz para continuar a proteção desta área. A transformação da área em RPPN já assegura a sua proteção perpétua e o Plano de Manejo oficializa todas a gestão da área que é toda voltada a prevenção de impactos ambientais e melhoria da qualidade ambiental sempre.”

“Esperamos que este plano seja um instrumento de apoio a perpetuidade da conservação desta área de extrema beleza natural”, concluiu os proprietários da Estância Mimosa, Eduardo Coelho, Simone Coelho e Luiza Coelho.

Apresentação do Plano de Manejo


A fazenda Estância Mimosa foi adquirida por seus atuais proprietários, Eduardo Folley Coelho e Simone Spengler Coelho, no ano de 1998. Já naquela época eles enxergaram o potencial natural da fazenda para fins de ecoturismo, e no ano seguinte, em 1999, as atividades de visitação foram iniciadas, motivadas principalmente pela beleza cênica do rio Mimoso e suas cachoeiras. A partir de então o ecoturismo vem se desenvolvendo na Estância Mimosa, acompanhando a evolução geral do turismo de natureza na Serra da Bodoquena.

As infraestruturas da fazenda foram constantemente melhoradas e atividades de capacitação de funcionários e guias de turismo foram implementadas ano após ano. Todas estas medidas permitiram à Estância Mimosa oferecer experiências cada vez melhores de lazer, contemplação, educação e diversão em meio à natureza. Por conta disso, a fazenda hoje é um dos atrativos mais conhecidos e visitados da Serra da Bodoquena, com números crescentes de visitantes ao longo dos anos.

O aumento no número de visitantes na fazenda foi acompanhado de perto pelo aumento com os cuidados para se evitar e minimizar impactos ambientais sobre os recursos naturais da área.

Programas de monitoramento ambiental vem sendo conduzidos há anos na fazenda, sempre com orientações do IMASUL, que licencia as atividades de turismo. Estes programas têm gerado informações úteis para direcionar medidas de proteção e controle de impactos, garantindo a sustentabilidade ambiental do turismo na Estância Mimosa. No ano de 2013 os proprietários da fazenda decidiram transformar 271,7 ha dos 422,9 ha da área (cerca de 64%) em uma Reserva Particular do Patrimônio Natural, denominada RPPN Estância Mimosa.

O objetivo foi o de garantir proteção legal e perpétua à área, permitindo ao mesmo tempo que ela pudesse ser usada de forma ambientalmente sustentável, através do ecoturismo, para se manter econômicamente viável.

Hoje a RPPN Estância Mimosa protege um mosaico de florestas, cerradões e cerrados, característico da Serra da Bodoquena, além de uma importante faixa do rio Mimoso, com inúmeras cachoeiras e tufas calcárias. Desta forma, a RPPN possui imensa importância para a conservação da fauna, flora e dos recursos naturais da região, funcionando como um importante refúgio em uma paisagem em grande parte já transformada em pastagens e mais recentemente em plantações de soja. Os habitats naturais da RPPN, somados àqueles que ocorrem nas fazendas do entorno, formam uma grande extensão de matas e cerrados onde ainda se encontram espécies ameaçadas que vem se tornando cada vez mais raras na natureza, como a queixada, anta, onça-parda, gavião-de-penacho, gavião-pega-macaco, gavião-pato, arara-azul, jacaré-de-papo-amarelo, entre tantos outros. Na RPPN estas espécies estão protegidas da perda de habitat, caça e queimadas, ao contrário do que ocorre fora da reserva, onde estes fatores de impacto ainda levam estas espécies a sofrer reduções em suas populações. Da mesma forma, diversas espécies de plantas encontram proteção na RPPN, e algumas delas já não são mais comuns fora de reservas, onde normalmente são extraídas até a exaustão de suas populações. Na Estância Mimosa ainda são comuns, por exemplo, a peroba, a piúva e o cedro-rosa, demonstrando o alto grau de conservação das matas da RPPN.

O rio Mimoso, seus peixes, cachoeiras e tufas calcárias estão igualmente bem protegidos na Estância Mimosa. A mata ciliar mantida na RPPN confere proteção ao rio, não permitindo grande carreamento e deposição de sedimentos após as chuvas, mantendo, assim, a transparência natural de suas águas. Infelizmente, a conservação das matas ciliares não é uma prática comum fora da RPPN, e assim, em muitos pontos o rio Mimoso já sofre com efeitos de assoreamento em épocas de chuvas fortes.

A RPPN aumenta ainda mais sua importância neste sentido, garantindo a proteção de uma parte significativa do rio Mimoso. Finalmente, destaca-se a importância das atividades desenvolvidas pelos proprietários da Estância Mimosa, bem como pelos funcionários e guias de turismo, na proteção do rio Mimoso. Através das atividades de fiscalização, monitoramento e educação ambiental, são detectados e minimizados os potenciais impactos ambientais do turismo sob as cachoeiras e tufas calcárias.

Estas medidas protegem e valorizam as belezas cênicas e naturais do rio Mimoso, garantindo seu uso ambientalmente correto e mantendo a viabilidade econômica das atividades turísticas. Neste documento apresentamos o Plano de Manejo da RPPN Estância Mimosa, um conjunto de estudos técnicos cujo objetivo é embasar a tomada de decisões relativas ao manejo, gestão e conservação da RPPN. Esperamos que este Plano de Manejo possa cumprir com sua função de apresentar ao leitor todos os aspectos ambientais e sócio-econômicos da RPPN Estância Mimosa, e principalmente que ele possa ajudar os proprietários na gestão, manejo e proteção desta importante reserva da Serra da Bodoquena.

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Visitantes realizam mergulho durante temporada de algas na Lagoa Misteriosa

A Lagoa Misteriosa (Jardim-MS) recebeu no dia 9 de novembro a visita de Gustavo Portilho e Thaís Portilho que realizaram o mergulho com cilindro atingindo a profundidade de 25 metros. 
Apesar de ser período de algas as atividades de mergulho avançado opera durante o ano todo no atrativo.

Sobre a experiência, disseram:
"O mergulho na Lagoa Misteriosa foi uma experiência inesquecível. A infraestrutura é muito boa e os equipamentos de muito boa qualidade. Instrutores muito atenciosos e cuidadosos. Ficamo impressionados com a cultura de sustentabilidade existente no local. Recomendo a experiência!".

Veja as fotos:



Recanto Ecológico Rio da Prata recebe nova camionete

Foi entregue nesta semana no escritório dos passeios do Grupo Rio da Prata, nova camionete que será utilizada no Recanto Ecológico Rio da Prata, em Jardim (MS).

Ela será utilizada no transporte interno dos turistas, em substituição à antiga, proporcionando mais conforto e segurança para os visitantes e funcionários do atrativo.



O colaborador Mario recebeu o novo veículo em Campo Grande e o conduziu para a fazenda em Jardim!

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Presidente do Instituto Homem Pantaneiro visita a Estância Mimosa


A Estância Mimosa (Bonito-MS) recebeu no dia 5 de novembro a visita do Coronel Angelo Rabelo, presidente do Instituto Homem Pantaneiro (http://www.institutohomempantaneiro.org.br), localizado em Corumbá.

Acompanhado por seus familiares Nayara e Fernanda Rabelo e também por Vince, Tristan e Julien Morlet, amigos do Canadá, o grupo realizou o passeio de trilha e cachoeiras.

Sobre a experiência, disse Rabelo: "Trouxemos uns amigos canadenses e eles amaram! As crianças se divertiram muito. Desde o guia até o almoço, tudo é pensado com muito carinho para que todos tenham momentos inesquecíveis".


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Atrativos do Grupo Rio da Prata são destaques em blog americano

Os passeios do Grupo Rio da Prata (Estância Mimosa, Lagoa Misteriosa e Recanto Ecológico Rio da Prata) receberam em 2016 a visita da jornalista Karen Catchpole e do fotógrafo Eric Mohl.

O relato da experiência nos passeios, como em outros atrativos da região de Bonito e Jardim, foram compartilhados no Blog Trans-Americas Journey (http://trans-americas.com/blog/2017/10/bonito-brazil-travel/).

Sobre o Recanto Ecológico Rio da Prata disseram:

"O Rio da Prata é uma das mais populares atrações da região por um bom motivo: possui o maior percurso de flutuação, cerca de 2 km... Para chegar à nascente você é conduzido em um veículo aberto, chega à trilha, caminha por 30 minutos antes de chegar ao rio  repleto de peixes, entre eles o Dourado..."

Sobre a Estância Mimosa:

"A Estância Mimosa fica à 30 minutos de Bonito...uma trilha conecta às oito cachoeiras do passeio no qual plataformas de madeira facilitam a entrar na água ou simplesmente pular... Passeio a cavalo e observação de aves também são atividades oferecidas no atrativo".

Acompanhado pelo instrutor João Gomes, realizou o mergulho avançado na Lagoa Misteriosa, na qual a visibilidade estava comprometida já que visitou o passeio no período da proliferação de algas, fenômeno natural que acontece anualmente.

Além dos passeios, o texto cita ainda sugestão de hospedagem e dicas de restaurantes.

Confira a matéria na íntegra:

http://trans-americas.com/blog/2017/10/bonito-brazil-travel/




quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Equipe do Instituto Arara Azul substitui ninhos no Recanto Ecológico Rio da Prata

Os atrativos do Grupo Rio da Prata, Recanto Ecológico Rio da Prata e Lagoa Misteriosa, receberam na última semana a visita da equipe do Instituto Arara Azul.

A equipe, composta pelo assistente de pesquisa, Carlos Cezar Corrêa e sua filha Gabriela Corrêa, realizou a substituição dos ninhos artificiais existentes nos atrativos, bem como a instalação de mais um, totalizando 4 ninhos no Recanto Ecológico Rio da Prata e 1 na Lagoa Misteriosa.

Veja as fotos:





Próximo à sede da fazenda, a equipe monitorou também filhotes de Arara Vermelha:


Integrantes do Projeto Peixes do Lagamar visitam o Recanto Ecológico Rio da Prata

O Recanto Ecológico Rio da Prata (Jardim-MS) recebeu no dia 30 de outubro a visita de integrantes do Projeto Peixes do Lagamar, realizado na cidade de Cananéia, no litoral sul de São Paulo.


O projeto, coordenado pelo Prof. Domingos Garrone Neto, consiste em implementar o turismo de observação subaquática em riachos da região.

A visita técnica, que contou com a participação do Biólogo Marinho da UNESP, Gabriel Raposo Silva de Souza, e mais três integrantes, visa auxiliar no processo de capacitação da equipe do Projeto.

O grupo realizou o passeio de trilha e flutuação, conheceram os projetos ambientais e realizaram um plantio de uma muda da espécie ipê amarelo no Bosque da Esperança e homenagem com a seguinte frase: "A todos os participantes e colaboradores do Projeto e ao Instituto Linha D'Água".

Veja as fotos: